Sábado, 30 de Junho de 2007

Memórias do Passado

 

 

 

Agosto de 2003

Elk...Na foto só faltam os leões marinhos que se avistavam nos rochedos mais pequenos!

Um lugar indescritível de beleza e harmonia! Um pedaço da California mágica e escondida.

Sem dúvida um local onde os fins de semana são introspectivos, revigorantes, e inesquecíveis.

Local para visitar, preservar, e guardar na memória!

 

sinto-me: bem
música: rooster
tags:
publicado por Planeta Roxo às 22:54

link do post | comentar | favorito

Penalty's

1-A Infra-Estrutura Túnel do Marquês; Depois do alarido, da propaganda, do exagero contestatário, que misturou sempre forma com conteúdo, visando fins pessoais e partidários duvidosos, chega-se a Junho de 2007 e percebe-se que o túnel, afinal, contribuí de forma significativa para a redução do tráfego naquela zona da cidade de Lisboa.

 

Considerando obras como esta, complexas e ambiciosas, é uma pena que contribuições técnicas potencialmente pertinentes tenham custado meses de suspensão, e 500 mil contos de prejuízos adicionais. 

 

Faz sentido perguntar a Sá Fernandes o porquê de uma forma de fazer política tão negativa. Faz sentido perguntar-lhe se os fins justificaram os meios. Já agora, qual a razão de ter classificado o túnel como "muito perigoso"?  Se calhar menos adjectivação, e sensasacionalismo, e mais objectividade e sentido de missão, teriam ajudado à construção de uma obra ainda melhor, dado que, até um leigo admite que obras destas tem sempre pontos críticos necessitados  de vigilância/implementação permanente e competente.     

  

Já agora qual a razão de ninguém perguntar a Sá Fernandes o porquê de ser o vereador com mais acessores, até mais que o presidente! Estou curioso e aguardo com paciência de chinês a explicação.

 

2-As personagens; Os senhores da Europa detentores de bons alunos em Portugal, Cavaco e Sócrates!

É uma vergonha, tenho 31 anos e nunca me fizeram uma pergunta sobre a integração Europeia.

 

Por mais importante que seja o tema discutido, ou decidido, eu e os meus compatriotas estamos de fora. Os nossos políticos ignoram-nos, julgando-nos incompetentes de opinar sobre o nosso futuro e o de Portugal. Ou será que assumem de forma errática que votar PS ou PSD, nas legislativas, lhes dá automáticamente carta branca para negociar a seu favor a nossa independência como povo?

 

Referendo já! 

 

Pela verdade democrática! Com isso os partidos se compremeteram agora devem cumprir.

 

3- A Frase; "Eu acredito na justiça divina" (Pinto da Costa, presidente do FCP).

Se existir, começo a acreditar que só essa o vai julgar, pois a portuguesa não vai fazer o seu papel de forma rápida, proporcional, e isenta.

 

Demora-se muito tempo a acusar e julgar mafiosos da província. Que Portugal atrasado o nosso!

 

sinto-me: bem
música: rooster
publicado por Planeta Roxo às 20:53

link do post | comentar | favorito

Vinhos em noites de fim de semana

Colecção Privada Domingos Soares Franco

Branco Regional Terras do Sado

Colheita 2006

Verdelho

Preço 19,95€ (Garrafeira Alfaia Bairro Alto)

 

Apresentação

Boa. Sem encher o olho é elegante e personalizada. Rolha, Peça natural inteira. Garrafa bordalesa Verde.

 

Prova

Aspecto- Limpo, amarelo palha.

Nariz- Aroma citrino. Toques de fruta fresca de verão como Kiwi, e Meloa.

Boca- Início untuoso e fresco, final curto e mineral.

 

Relação Preço/Qualidade- Abrir uma garrafa destas no Bairro Alto só pode ser normal para indivíduos “bem na vida” .

 

Avaliação Final

Escolha ideal para uma conversa entre enófilos/enólogos que procuram algo com qualidade, diferente, fresco, e nacional. Vinho fácil de beber.

 

Nota Final

 

15,5 valores

 

 

           

Domingos Soares Franco- Membro do Conselho de Administração da José Maria da Fonseca, e responsável máximo pela Viticultura e Enologia. Actualmente, a empresa percorre o que auto denomina “Ciclo dos Mercados Estratégicos”. Onde tradição, qualidade, e criatividade se procuram equilibrar à volta de novas castas e novos vinhos, apetecíveis às novas gerações de consumidores.

sinto-me: bem
música: rooster
tags:
publicado por Planeta Roxo às 18:30

link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Junho de 2007

Memórias do Passado

 

Agosto de 2006

 

Galapos...num dia de água morna, sem vento, com 30ºC às sete da tarde.

 

Uma paisagem reconfortante que nos esconde da desordem de betão que é Setúbal.

 

O que fez este dia ser diferente? o sítio.....definitivamente uma praia para provar de vez em quando com amigos, namorada, ou família!!!

sinto-me: bem
música: Rooster
tags:
publicado por Planeta Roxo às 15:15

link do post | comentar | favorito
Domingo, 10 de Junho de 2007

Vinhos em noites de fim de semana

 Moringue 

Tinto Regional Alentejano 

 Colheita 2004. 

Castelão, Aragonez e Trincadeira

Preço 2,19€ (Jumbo)

Apresentação

 

Correcta. Rotulagem conseguida. Nome sugestivo. Rolha, granulado "Twintop". Garrafa bordalesa castanha.

 

Prova

Aspecto- Limpo, rubi aberto.

Nariz- O seu forte. casamento perceptível entre amoras maduras e toques de madeira. 

Boca- Corpo ligeiro. Mineral. O final de vida está próximo.

 

Relação Preço/Qualidade- numa nota de 0 a 20, 14 valores.

 

 

Avaliação Final

Vinho que não fica mal num jantar despreocupado de amigos ou nas pequenas celebrações do dia a dia. neste caso acompanhou coelho e um naco de queijo.

 

Nota Final 

 

13 valores.  

 

 

 

MORINGUE- Peça cerâmica decorativa. Vulgarmente conhecida por bilha de dois bicos. provavelmente de origem Sul Americana ou Indiana (não há consenso científico), usada inicialmente para beber água.

 

 

sinto-me: bem
música: rooster
tags:
publicado por Planeta Roxo às 21:55

link do post | comentar | favorito

Mega disparates do governo “Socrático”

 

 

 

 

 

Mega disparates do governo “Socrático” que certamente o fariam cair…se fosse de direita e o Presidente da República de esquerda, claro!!!

 
1.Tentativa indecente de identificar grevistas da função pública! Comparar? Só a Salazar! Por muito que mereçam não é com atitudes dignas de países como a Venezuela que se resolvem problemas. 
 
2. C.V. aldrabado, utilização indevida do título de Engenheiro, curso dado à distância com envio de exames por fax (da Secretaria de Estado)!!!...e sabem qual é a cereja em cima do bolo? Ver o digníssimo explicar a sua opção pela Independente, à altura era uma Universidade com reputação diz o próprio! Tem razão…não era em Engenharia, mas sim em corrupção, na mentira, no “facilitismo” e compadrio. Mas não é isto o reflexo do actual governo????
 
3. Bebés Portugueses irem nascer a Espanha! De tão cretino e antipatriota devia dar direito a prisão perpétua em Caxias. É o abandono declarado do Portugal que para eles não tem valor.
 
4. Só uma pessoa que despreza o país não demite um Ministro que publicamente diz;
                        A- “…a margem sul é um deserto…”
                        B- “…sou um Iberista convicto…Portugal e Espanha têm um passado em conjunto…” (ia jurar que não aprendi a mesma história deste homem).
 
Não interessa o contexto… num país a sério o Ministro que dissesse isto já estava na rua ou na sua casa de férias em Espanha. O Senhor Primeiro-Ministro ao ser conivente demonstra o que é e o que merecia… é um traidor e agiota da nação. Merecia ser escorraçado da condução dos nossos destinos.
 
5. Premiar quem reinstituiu o delito de opinião com a recondução no seu cargo é reconhecimento só visto antes de 1974 em estruturas estilo PIDE. Viva à DREN politizada e militante, aliás a politização da função pública é decerto umas das maiores doenças da nossa sociedade.
 
6. ALL…GARVE!!! Meu deus o que esta gente menor se lembra quando a falta de competência é latente. Mas é normal, a elite socialista de Lisboa e Porto só não vende a mãe por dinheiro porque parece mal, desta vez só vendeu o nome de uma região. Mas em relação ao Algarve este governo tem razão “all kinds of events are happening in Algarve even the bad ones that our police can’t do nothing about it”. O destino castigou de forma cruel quem aceitou e pagou esta campanha de Marketing. No fundo castiga-nos a todos que aceitamos as incompetências de Manuel Pinho e companhia.
 
7. Continuando neste ser estranho de seu nome Manuel Pinho; Que dizer das suas declarações? Que dizer da sua falta de preparação? Dois pequenos exemplos:
                        A- Dizer a chineses para investir em Portugal pois a mão-de-obra é barata! Será que este senhor descobriu como se vende areia a habitantes do deserto? Será que o modelo de desenvolvimento que defende assenta em salários baixos só comparáveis aos praticados naquelas bandas? A crítica achou a afirmação infeliz, eu além disso acho reveladora daquilo que estes homens se propõem a fazer por nós.
                        B- A quando do fecho da DELPHI na Guarda, Manuel Pinho solta mais um dos seus tesouros deprimentes …” Fecha na Guarda mas a boa notícia é que pelo menos alguns destes postos de trabalho são garantidos na fábrica de Castelo Branco” (SIC)… afinal não, já estavam ocupados, foi desmentido pelo seu Secretário de Estado.
Sejamos sinceros... Acham este homem competente? Acham que quem o escolhe e o mantêm no lugar se preocupa com o país?
 
8- No âmbito do roubo oficializado instituído por gatunos legalizados, temos algo impensável numa sociedade moderna. Querer obrigar os portugueses a declarar em sede de IRS, dinheiro que circula de familiar para familiar (doações superiores a 500€), deixa qualquer pessoa decente sem palavras. É para isto que o Ministro das Finanças recebe ordenado? José Sócrates e Teixeira dos Santos são os principais responsáveis pela maior taxa de desemprego dos últimos 20 anos, a montante ainda querem taxar quem ajuda um familiar no desemprego. E já agora, se os donos do BES quiserem fazer milhões de doações no valor de 499,99 € já não declaram nenhuma delas?
Duas verdades incontornáveis: a promessa de mais 150.000 empregos é uma miragem. A reforma da administração pública deste PS é um fiasco, logo, a despesa primária do estado não desce. Assim, continua a ser necessário “sacar” ao máximo para poder pagar a boa vida e as incompetências dos políticos, seus assessores, seus consultores, e sua função pública.
 
9- O aproveitamento político de Sócrates quando o programa informático de colocação de professores originou confusão (no legado de Santana até isso serviu como arma de desgaste). Pois é, o que dizer de exames mal feitos, de erros crassos na gestão das datas de marcação, de entradas na universidade decididas em tribunal. Eu sei, a projecção na comunicação social não é tão forte… afinal o lobi dos professores (apoiados pelo PCP) é superior à voz dos alunos, e o PS de forma réptil, na altura aproveitou-se disso.
 
10- Por último, a dança dos ministros competentes. Em 2005 Sampaio decide dissolver a assembleia porque Henrique Jones, Secretário de Estado do Desporto de Santana se demite. Então e quando após três meses de governação se vai “embora” Campos e Cunha? Já sei, Sócrates e Sampaio gostam de decidir e só depois procurar justificativas para a decisão. Pessoas sérias fazem ao contrário! Por isso, ao fim de 90 dias, farto de ver decisões estilo OTA (decide-se antes e depois faz-se estudos à medida), e intenções que não passavam de promessas vãs...o homem “pirou-se”. E então já não há razão para o governo cair?
E que dizer de António Costa! Então troca os destinos da nação pela câmara de Lisboa? Vai de Cavalo para Burro? Cheira a esturro! Mas ao final de poucos dias de pré campanha percebeu-se o objectivo. Mais uma vez, de forma capciosa o PS e António Costa desmascaram-se! O homem só tem esta tirada; “É preciso discutir sobre o que fazer aos terrenos da Portela”. Tudo dito! Ele nos próximos 6 a 8 anos trata disso. Betão, Construtoras a destruir Portugal, e PS e António Costa a encherem os bolsos!  
 
Aqui estão 10 razões que com Jorge Sampaio davam dissolução. Mas eu seria contra!
As eleições são actos basilares da democracia, por isso, todas e cada uma delas são para respeitar. Daqui a 2 anos logo se vê!
  
sinto-me: bem
música: Rooster
tags:
publicado por Planeta Roxo às 13:56

link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Junho de 2007

Sport Lisboa e Benfica, Época 2006-2007

Sport Lisboa e Benfica, Época 2006-2007

 

“…analisar o passado pensar o futuro…”

 

Andebol uma modalidade em renascimento. O Benfica fez uma época ao mais alto nível neste seu regresso ao Andebol de “top” . Uma taça da Liga, uma final da taça de Portugal e o 4º lugar do campeonato. Nada mal para o primeiro ano a sério, agora sobem as expectativas! Com um treinador do melhor, falta aquele extra de experiência nos jogadores que perderam a taça de Portugal infantilmente. Sem cometer loucuras orçamentais, se comprarmos dois jogadores bons, com garra e razoavelmente experientes, estaremos a lutar para ganhar novamente em 2007/2008. E como não sou “expert” nesta modalidade fico-me por aqui…

 

Basquetebol. O que dizer do Basquetebol no meu clube! Mais um ano para esquecer! Final da taça da liga perdida frente ao Lusitânia. Eliminado nas meias-finais do campeonato pelo rival Porto em casa (3-4). Eliminado pelo Barreirense na 1ª ronda da final a 8 da taça de Portugal. Algumas dicas:

1- Não se pode rodar tantos estrangeiros durante a época por muito bons que sejam. Não se geram mecanismos de jogo nem química na equipa, ficando a mesma muito dependente da inspiração individual que varia de dia para dia, com a agravante de os adeptos não criarem ligações com jogadores que entram e saem, e que é tão necessária nos jogos em que as coisas não começam a correr bem.

2- Por favor apostem em miúdos novos da esfera Lusófona. No Benfica se é jovem, Português e fala Português ou Crioulo, parece significar partir em desvantagem. É preciso um equilíbrio, é necessário dar continuidade ao trabalho da formação feito em Portugal.

3- Por último, não sabendo se está instituído, deve-se pagar mais quando se ganha mais, i.e., impor ordenados a variar pelo número de vitórias e minutos jogados em cada mês.

Todo depende do dinheiro que se tem, mas julgo, que aqui está um exemplo em que se gastou muito dinheiro em troca de muito pouco.

 

Ciclismo regressou! Não temos a obrigação de ganhar a volta a Portugal, mas existem grandes hipóteses. Em termos de divulgação e desenvolvimento do clube ter ciclismo já é uma vitória, pois permite que haja Benfica numa altura do ano em que o desporto está tradicionalmente parado. Com uma solução em termos de auto financiamento encontrada, é óptimo ver a cor encarnada a passear na estrada.

 

Desilusão. Todos os Benfiquistas a sentiram ao sermos eliminados da taça UEFA nos Quartos de Final. Foi uma daquelas eliminatórias em que tudo aconteceu. Penalty escandaloso não marcado em Espanha a nosso favor, auto golo de Nelson (um jogador que apesar das qualidades inatas, sistematicamente toma as piores opções), golos falhados à frente da baliza (por um Nuno Gomes inteligente mas com uma época desfavorável e para esquecer), enfim, esta taça era para ganhar!!!

 

Empates, o consentido e o não conservado nos últimos minutos dos jogos de Paços de Ferreira e Porto, aniquilaram as nossas esperanças de ganhar o campeonato de futebol. Foram 3 pontos a voar em supostos momentos de máxima aplicação e concentração.

 

Fernando Santos é uma figura incontornável nesta época futebolística. Perdeu em toda a linha. Contudo, pode legitimamente alegar que as responsabilidades da derrota não são só dele… e é só por isso que não é despedido. É um homem sério, inteligente, honesto e até percebe de futebol, mas também é teimoso e desconfiado. Teimoso, porque andou uma época toda a jogar com o pior guarda-redes do plantel, desconfiado pois não deu hipóteses a jogadores que à partida poderiam ter jogado muito mais… Miguelito, Manú, Mantorras e até o Kikin Fonseca enviado à precedência cedo demais. Merece outra oportunidade dada a época atribulada em termos de lesões, castigos, vendas de jogadores e atrasos no calendário que teve que gerir com recursos limitados.

 

Goleador precisa-se! Contudo é preciso que se jogue para ele… bons cruzamentos, passes precisos, e não o que se viu esta época! Os médios pareciam avançados, só queriam marcar golos e era ver o Miccoli e Nuno Gomes a cansarem-se para quase nada.

 

Hermínio Loureiro eleito para presidente da liga. A guerra é total e cada benfiquista que se iludir vai pensar que os jogos só se ganham no campo, no entanto, só se ganham no campo quando o Benfica tiver tanta influência nos órgãos de cúpula do futebol, como têm os outros grandes clubes do país. Filipe Viera iludiu-se com um título de campeão e não meteu homens do Benfica na nova direcção da liga…cuidado com o nortenho dos discursos redondos e que é anti benfiquista primário. Nos media só “lagartos”, no poder “lagartos e tripeiros facciosos”… os inimigos são mais que muitos… por isso é preciso não ter medo de ser guerreiro.

Invencíveis à 21 jogos de campeonato. Seguramente das poucas boas coisas que ficaram da temporada futebolística. Há muito não se via! Parece denotar um renascer do clube que quase caiu com Vale a Azevedo… sim é preciso não esquecer o estado do nosso clube à 5 ou 6 anos atrás.

 

José Veiga, goste-se ou não, é um líder, e o Benfica precisa de líderes. Ao demitir-se a meio da época não só se dignificou como profissional, mas também honrou o emblema que serviu. Defendeu o Benfica com alguns benfiquistas nunca o defenderam. A sua ausência fez-se sentir, pois o plantel e treinador tiveram que falar/exporem-se muitas vezes.

 

Lesões! Ora aqui está uma das razões do fracasso! Foram muitas! Algumas com contornos pouco abonatórios para o departamento médico e tudo o que tem haver com ele dentro do clube. Três lesões fulcrais, Rui costa 4 meses, Luisão 3 meses, e Miccoli 2 meses. Este é um aspecto a reverter rapidamente, para isso, é preciso saber rodar jogadores quando é preciso, obrigá-los a treinar sempre a ritmos certos e dignos de profissional, trabalhar com os melhores médicos, fisioterapeutas e clínicas. O resto é um pouco de sorte que nesta matéria anda afastada do Benfica nas últimas épocas.

 

Money. Significa dinheiro, o muito dinheiro inglês que levou Ricardo Rocha, o mesmo que é preciso para equilibrar um clube que não pode fechar os olhos ao seu passivo. Logo, o mesmo dinheiro que paradoxalmente contribuiu para o jejum de títulos. Verdade seja dita, era muito difícil não vender o jogador, pois ele queria sair à muito tempo, mas quando for assim, espero que a direcção aprenda a lição… perante um preço claramente definido “despache-os” no início de época (tal como queria fazer com Simão e Manuel Fernandes), pois é mais fácil ir contratar um novo sem pressas e precipitações. Até poderiam ter vendido mais barato, se calhar o resto do dinheiro tinha vindo de receitas das vitórias que não se tiveram.

 

Nuno Assis, em 2005/2006 vítima de si próprio, em 2006/2007 um dano colateral da guerra sem cartel do Benfica contra o sistema. Esta batalha ganhou o sistema. Não se ganha sempre, mesmo que se tenha sempre razão e nestes casos (em todo o mundo) o benefício da dúvida vai sempre para o laboratório nem que se tenham enganado no “chichi” . É necessário medir bem as consequências dos ataques aos responsáveis pela “luta contra o doping” , mais sensato é o Benfica lutar pela igualdade de tratamento na elaboração do plano de amostragem e a partir desta época “fiscalizar” os processos de obtenção do mesmo, o tratamento de amostra, métodos de análise e respectivos resultados.

 

Oportunidades. Tirando as escassas aparições de João Coimbra (por volta dos 100 minutos foi o que jogou na época toda!), os jovens da formação do Benfica continuam a ver a equipa principal por um canudo. Continuo a dizer que a estratégia do adversário da segunda circular peca por excesso, nós pecamos por defeito. Deve sempre haver no plantel principal 2 a 3 jogadores vindo directamente ou indirectamente (depois de rodar 1 ano noutro clube) da formação. A taça da liga pode ser perfeita para dar o palco à juventude do clube… se não jogarem nunca vão aparecer. Caso contrário, despeçam treinadores, “scouts” , e responsáveis da formação pois não estão lá a fazer nada.

 

Passivo! É uma autêntica vergonha para o clube! Enquanto o passivo, quer seja de curto, médio, ou de longo prazo, não baixar para cerca de um terço, i.e., o passivo total passar para menos de 100 milhões de Euros, o Benfica nunca será um clube de referência em Portugal, nem em lado nenhum. Nos últimos anos temos assistido a algumas melhorias nesta matéria, porém o lançamento de novo empréstimo obrigacionista, um aumento forçado de ordenados para manter jogadores fulcrais, um estádio a pagar até pelo menos 2010… não devem deixar ninguém descansado. A pressão para ganhar títulos deve ser directamente proporcional à que se aplica na redução do passivo do clube, só assim se consegue o equilíbrio e dar passos atrás, fugindo de um abismo que com Vale e Azevedo esteve quase… Ao perder tudo em 2006/2007 Filipe Viera prometeu investimento (com o dinheiro do empréstimo obrigacionista), logo, ganhar muito é obrigatório, pelo menos para pagar os juros do referido empréstimo e ir buscar uns trocos para abater o nosso passivo…por isso o presidente já disse “pró ano tem que ser o ano do Benfica”. 

 

Qualificação para a Liga dos campeões! Mais uma vez à semelhança da época que finda, a que vai começar também se inicia com compromissos decisivos. Pelo menos 100/150 mil contos que entram de receita da pré eliminatória, mais a receita de participar na competição (que certamente está contemplada no orçamento 2007/2008), fazem dos primeiros jogos a sério de Agosto a fuga para o sucesso ou insucesso da estratégia financeira. Quanto à estratégia desportiva!!! Vamos ver, com Trapattoni fomos campeões e vimos os outros a jogar na liga milionária…tudo depende da força mental da equipa e treinador… mas se tudo correr pelo normal o Benfica vai estar entre os grandes da Europa outra vez e isso é bom para a moral de todos.     

 

Rui costa jogou 20 jogos este ano, espalhou classe! Para o ano que vem só precisa de ficar pelos 30, já chega para provavelmente ganhar algumas coisas. Fez bem voltar, deve começar a preparar-se para ser presidente ou director desportivo do clube, tem perfil só precisa de formação adequada.  

 

Sponsors precisam-se, nomeadamente para as modalidades amadoras. É estranho como as modalidades ditas amadoras têm tão poucos patrocinadores, pelo menos dos visíveis. O Basquetebol é um bom exemplo disso…comparado como os rivais, estamos a fazer pior. Não é justo pedir aos sócios tudo, pois as quotas do Benfica já são muito caras.

 

Taça de Portugal, ora aqui está mais um bom assunto para afrontar o sistema instalado no futebol Português. Porque não a direcção do Benfica propor alterações a toda a estrutura da prova? Eliminatórias a duas mãos, divisão de todas as receitas com diminuição da percentagem a reverter a favor da federação, parecem-me duas das ideias fáceis de defender. Havia mais jogos? Ainda bem! Mais oportunidades para os jogadores menos utilizados justificarem os ordenados e se manterem em competição. Com mais jogos imaginem quantos David’s Luís vamos encontrar?

 

Universo Benfica! Após vinte anos de estagnação o clube passa por uma nova etapa de crescimento, são inegáveis certos factos, tais como, um novo centro de estágio, um estádio atractivo, pavilhões, mais interactividade com os sócios e simpatizantes, mais expansão comercial e desportiva (vejam o miúdo chinês, não é inocente a garantia na pré época sénior de 2007/2008, se for bom então junta-se o útil ao agradável), mais digressões (já ninguém se lembra mas em Janeiro fomos ao Dubai ganhar um troféu, muito dinheiro, e prestígio), mais modalidades em competição e a ganhar troféus, enfim, um retomar da grandeza outrora perdida. A época que finda também para isso contribuiu.

 

Voleibol, em 3 anos um 1 campeonato nacional, e 3 taças de Portugal. Este é o espírito que deve reinar no clube… ganhador e lutador. Isto apesar de termos sistematicamente contra nós um presidente de federação que veste sempre a camisola do adversário. Dois anos seguidos problemas com o Vitória de Guimarães, somos claramente prejudicados em campo e depois ainda mais na secretaria. Aliás, tomo minhas as palavras de Miguel Maia (jogador do Sp. Espinho que ao ganhar o campeonato nacional em Guimarães disse mais ou menos isto”;

“(… acho o Vitória um grande clube, mas quem de direito tem algo a fazer para evitar os sistemáticos incidentes que aqui acontecem…)”. É verdade, mas à federação já se viu, não vai fazer nada.

 

Xistra. Lindo nome! Personifica um certo tipo de arbitragem que parecia em vias de ser banida com as reformas de Coroado, António Costa, e outros que tais. Mas não, existe o Olegário, o Xistra, o Duarte Gomes, o Lucílio Baptista, e o Paulo Costa. O Benfica precisa de ser muito forte e corajoso para vencer até estes adversários.

 

Zoro, a temporada acaba bem com uma contratação que à partida da garantias (pelos menos para as competições internas), 23 anos, 84 jogos nas últimas três épocas no Messina, internacional da Costa do Marfim, e pouco dado a lesões, o enquadramento parece quase perfeito, a não ser o problema das competições de selecções Africanas "roubarem" o jogador durante muito tempo.                     

sinto-me: bem
música: rooster
tags:
publicado por Planeta Roxo às 17:51

link do post | comentar | favorito
psroxo@sapo.pt
Site Meter

pesquisar

 

posts recentes

Reflexões de observador a...

Notas Direitas- Projecçõe...

Agora só quando vale...e...

O Nº226034 está-lhe grato...

É muito melhor que as 'pa...

Só para avisar que se me ...

Onde está a equidade cons...

Precisamos de oportunidad...

O meu olhar sobre polícia...

Flash Liberal- Passos Coe...

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

arquivos

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

mais sobre mim

blogs SAPO