Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

O HACCP- Uma boa abordagem para não ter problemas com a ASAE

O HACCP. O que é? Para que serve?

 

O Hazard Analysis Critical Control Points (HACCP) é um sistema preventivo que procura a produção de alimentos/produtos alimentares inócuos. Sustenta-se em princípios técnicos e científicos, aplicados à produção, transformação e distribuição alimentar, oferecendo uma abordagem lógica do controlo de perigos que;

- Impede a contaminação dos alimentos por agente físicos, químicos, ou biológicos; 

- E evita a maioria dos problemas implícitos na inspecção alimentar oficial. 

 

Logo, é uma forma sistemática de manter altos padrões de segurança e higiene alimentar, após produção agrícola até à mesa do consumidor -dando primazia à prevenção sobre a fiscalização-.

 

Assim, o HACCP pretende também assegurar uma das características que influência a satisfação no consumo de alimentos/produtos alimentares, nada mais que a  sua inocuidade do ponto de vista da saúde pública.

 

Desde Junho de 2006, a abordagem sistemática à segurança e higiene alimentar baseada no HACCP, passou a ser obrigatória para operadores das empresas do sector alimentar. Esta evolução na lei -de auto controlo para um sistema mais abrangente e complexo-, vem de encontro à crescente complexidade da indústria alimentar e dos problemas de saúde pública que nela podem ter origem.

 

Ao adoptar o HACCP pretende-se alcançar três objectivos de prioridade sequencial;

1º Manter, garantir e fomentar, a segurança e higiene alimentar nos produtos que comercializa e/ou disponibiliza aos seus clientes;

2º Facultar, informar e provar -sempre que necessário-, perante entidades oficiais ou da sociedade civil, o que se faz para alcançar o primeiro objectivo.

3º Respeitar e cumprir a lei.

 

Na implementação, aplicação e desenvolvimento deste sistema deve haver um empenho total das empresas. Nas organizações devem estar bem definidos certas disposições formais em relação a esta matéria, a saber;

           

1º Há líderes, especialistas e operadores do sistema, com competências e tarefas definidas.

2º A abordagem às problemáticas de implementação e aplicação é multi-disciplinar, sempre que necessário recorre a vários fontes de conhecimento e peritos de várias áreas alimentar e não alimentar.

3º Pretendem-se em todos os momentos que o HACCP seja prático, funcional, objectivo, não crie documentação desnecessária e não dê origem a mais perigos do que aqueles que elimina.         

 

O HACCP gera documentos dinâmicos pronto a ser alterados, a qualquer altura, por iniciativa de qualquer elemento da organização que o implementa.

 

As Etapas Preliminares

 

Como etapas essenciais para o sucesso do HACCP, está a definição clara do que se faz, e como se deve fazer correctamente, i.e., definição dos produtos, diagramas (flluxogramas) e boas práticas de fabrico.

 

Igualmente importante é o local onde se fabrica, merecedor de descrição atenta e pormenorizada, pois, se assim for, permite que o sistema funcione e seja útil, por ser construído e aplicado de acordo com a realidade existente.           

 

Pré-Requisitos

 

Pré-requisitos, requisitos do sistema, ou requisitos gerais de higiene, são 3 nomenclaturas usadas para definir o mesmo conjunto de premissas que o HACCP exige para ser implementado e executado. Estes são em parte, as exigências de carácter geral definidas por lei aquando do licenciamento de instalações do sector alimentar. Por outro lado, são regras gerais de higiene para locais específicos dessa instalação por onde passa o circuito de alimentos. 

 

Mais uma vez, e seguindo a metodologia HACCP, os pré-requisitos são abordados de forma sistemática onde são implementados alguns seus dos fundamentos, nomeadamente;

-          Elaboração, e manutenção de documentos e registos para cada parâmetro ou característica;

-          Garantir processos, a efectuar regularmente, para verificar a conformidade;

-          Estabelecimento de medidas correctivas quando necessárias.

 

Os Princípios

 

O HACCP é baseado em sete princípios, a saber;

 

 1-Identificação de quaisquer perigos que devam ser evitados, eliminados, ou reduzidos para níveis aceitáveis. Implica conhecer, descrever e definir o processo sequencial de fabrico – e o que se produz-, para depois através de um “brainstorming” esclarecido se possam identificar perigos e suas causas (vectores de transmissão desses perigos). Existem três grandes tipos de perigos, os biológicos, químicos e físicos;

 

Perigo

Origem

Vectores

Biológico

Na população microbiana presente ou desenvolvimento

Matéria-Prima

Armazenamento

Processo de fabrico

Expedição

Químico

Resíduos Fitossanitários

Resíduos Veterinários

Aditivos

Toxinas

Metais Pesados

Migração de Compostos de embalagem

Contaminação por produtos de limpeza ou manutenção

Matéria-Prima

Armazenamento

Processo de fabrico

Expedição

Físico

Partículas físicas diversas

Matéria-Prima

Armazenamento

Processo de Fabrico

Expedição

 

Depois de correctamente identificados os perigos à que proceder à sua análise em termos de importância (prioridade).  

 

Como método de análise principal dos perigos, poderá usar-se aquele que determina o grau de Significância. Avaliando a frequência (probabilidade de ocorrência) e impacto (efeito no consumidor). Contudo, a realidade prática e a experiência são sempre tidos em consideração. 

 

 Na análise do grau de significância recorre-se à Matriz de avaliação S ( “How to HACCP”, Dilon M., Griffith C., MD Associates). A avaliação é feita de 1 a 9 valores e após essa avalição um perigo poderá ser, ou não, ponto crítico.

 

Frequência

Frequente=3

3

6

9

Possível=2

2

4

6

Excepcional=1

1

2

3

 

Baixa=1

Média=2

Alta=3

Severidade (S)

 

Depois de identificados os perigos e bem enquadrados em termos de análise passa-se então à sua classificação em crítico, ou não.

 

2- Identificação dos pontos críticos de controlo na fase ou fases em que é essencial para evitar ou eliminar um risco ou para reduzir níveis aceitáveis. Implica a utilização da árvore decisão como ferramenta de trabalho. Ou seja, aos pontos críticos aplica-se a árvore de decisão, determinando aqueles que são os críticos. 

 

3- Estabelecer limites críticos em pontos críticos de controlo, que separem a aceitabilidade da não aceitabilidade com vista a prevenção, eliminação, ou redução dos riscos identificados;

4- Estabelecimento e aplicação de processos eficazes de vigilância em pontos críticos de controlo;

5- Criação e aplicação de medidas correctivas quando a vigilância indicar que um ponto crítico de controlo não se encontra dentro das fronteiras definidas como seguras;

6- Monitorização do sistema implementado, com acções regulares, para verificar a eficácia do mesmo;

7- Elaboração de documentos e registos adequados à natureza e dimensão da organização em questão, a fim de demonstrar a aplicação eficaz das medidas referidas nos princípios 1, 2, 3, 4, 5. Neste caso todos documentos e registos directamente relacionados com o Plano de HACCP são mantidos durante n+1.

sinto-me: bem
música: superstar
publicado por Planeta Roxo às 22:02

link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Janeiro de 2008

NBA All Stars 08-My Selection

Vote for the NBA All-Star starters on NBA.com
http://www.nba.com/allstar2008/asb/eng/ballot.html?referrer=email

Here are my starter selections for NBA All-Star 2008:

Western Forwards:
Tim Duncan, San Antonio
Dirk Nowitzki, Dallas

Western Guards:
Kobe Bryant, LA Lakers
Steve Nash, Phoenix
                                                                                                                              
Western Center:
Amare Stoudemire, Phoenix

Eastern Forwards:
Kevin Garnett, Boston
LeBron James, Cleveland

Eastern Guards:
Chauncey Billups, Detroit
Dwyane Wade, Miami

Eastern Center:
Dwight Howard, Orlando

----------------------------------------------------------------
Sign up for NBA e-mail news and special offers!
http://www.nba.com/news/newsletters.html

 

sinto-me: bem
música: Cry me a river
tags:
publicado por Planeta Roxo às 00:24

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Penalty's

Numa ligeira alteração ao seu formato o espaço "Penalty's"  destaca figuras e acontecimentos de 2007.

 

2007

A forçosa resenha do melhor e pior cá do burgo

 

As figuras +

 

1º Joe Berardo- Vitórias pessoais em todas as frentes. Na PT foi estrela quando a Sonae teve “mais olhos que barriga”. Levou todas as suas condições avante no CCB que agora tem uma colecção de nível mundial. Fez papel de accionista zeloso e governador do Banco de Portugal na vergonha do BCP (quando no fundo só está a defender a sua fortuna). E por último, é dono dum império considerável do qual fazem parte os seus negócios de vinho. Só é dono da Bacalhôa e parte da Sogrape! Faria se soubesse falar português e perceber que não é CVM…é CMVM!

 

2º Cristiano Ronaldo- Premiado com o consensual reconhecimento que está nos 3 melhores jogadores do mundo! Parabéns para o menino com um dom magnífico e que representa Portugal com reconhecida classe!

 

3º José Rodrigues dos Santos- Vendeu e vende que se farta com o Codex 632, um dos livros mais interessantes que li em 2007. Não teve medo de falar numa televisão controlada politicamente. É excelente no que faz sem se por em bicos de pés… apesar de na minha opinião ganhar demais na RTP (que tem salários porno!!!). Como cereja em cima do bolo parece existir um interesse vindo da Califórnia, alguém quer comprar o Codex 632 para possível argumento. Actualmente, pôr Portugal e a sua história no mapa não é fácil… ele consegue.   

 

As figuras -

 

Último lugar- Jaime Silva, Ministro da Agricultura de Portugal

 

“… se não está contente com a União Europeia pode pedir para sair…” (em resposta a um pescador português descontente)

 

Há quem faça tudo para garantir um ordenado e uma posição. Este senhor parece um “lambe cus” de políticos que chegou aonde chegou por ser um “good boy”, defendendo a União Europeia de forma cega sem saber bem porquê.

 

Penúltimo lugar- Almeida Santos, alguém importante no PS

 

 

“…Temos que levar em linha de conta que para Alcochete temos que passar pela ponte Vasco da Gama e essa infra-estrutura é perigosa pois pode sofrer ataques terroristas…” (argumentando em favor do novo Aeroporto na Ota disse qualquer coisa como isto!)

 

O meu ódio por Almeida Santos é um orgulhoso património genético. A cicatriz da descolonização é para sempre, o desprezo da maioria dos socialistas pelos verdadeiros interesses dos portugueses… também.

 

Antepenúltimo lugar- José Sócrates, Primeiro-ministro de Portugal

 

Este homem leva-se muito a sério e a sério leva também a sua conta bancária que decerto engordou, e de que maneira nos últimos seis meses de 2007. Imagino o que foi de ajudas de custo e remunerações extra!!! Só assim pode gritar de maneira tão convicta os vivas duma Europa prometida para o povo e concedida aos políticos. 

 

Portugal tem uma percentagem agiotas e traidores muito elevada. Eu perdi a paciência para isso! E o problema é mesmo esse, Sócrates é mais um a servir-se do país de forma implacável “cagando de alto para os Portugueses!” e quem se dá ao trabalho de pensar pela sua cabeça percebe isso facilmente.

 

Os acontecimentos +

 

A ASAE a actuar- Num país decente e civilizado tem que existir um órgão (ou conjunto de órgãos) com esta força política para regular um mercado cheio de “chicos espertos” . É pena que os funcionários da mesma queiram que as pessoas andem em esterilizadores insufláveis, é o exagero típico dos não preparados.

 

A discussão sobre o novo Aeroporto Internacional de Lisboa- Um grande sinal acerca do estado da nossa sociedade civil. Lentamente vai assumindo o seu papel nas decisões estruturantes da nossa terra! Não deixando tudo para políticos incompetentes, detentores de interesses obscuros que ninguém percebe à primeira vista!

 

A publicação da lei do Tabaco- Um passo de gigante na evolução civilizacional do nosso país (se for aplicada sem excepções). Uma lei que apesar de fraca em uma ou outra alínea é equilibrada e sensível para com os fumadores. Reconhecendo que não há bem nenhum em fumar e quem o faz deve somente prejudicar a sua vida e a de mais ninguém! 

 

 Os acontecimentos –

 

A subida da taxa de desemprego- De pensar que o actual ministro da tutela do emprego se indignava com taxas bem mais baixas de anteriores governos! Dá para rir!

 

Tomara que a Europa fosse como os E.U.A só não trabalha quem não quer (e parte daqueles que estão ilegais).

 

A Cimeira U.E.-Africa em Lisboa- Faz-me confusão receber assassinos e ditadores sem que lhes façam uma pergunta sobre liberdade e direitos humanos!

 

Se fosse o George W. Bush era um chorrilho de perguntas e insultos a uma nação única quando se fala em democracia….uma cena que quase não existe em Africa.

 

Tratado de Lisboa- Esta mania de decidir por mim e enganarem-me com cosmética literária deixa-me em verdadeiro estado de revolta interna. Sou Português e não gosto da Europa… Sou a favor de uma união de interesses económicos, totalmente contra a ideia de federalismo que alguns em Bruxelas tentam a todo o custo vender.    

 

 

sinto-me: bem
música: Around the world
publicado por Planeta Roxo às 21:53

link do post | comentar | favorito
psroxo@sapo.pt
Site Meter

pesquisar

 

posts recentes

Reflexões de observador a...

Notas Direitas- Projecçõe...

Agora só quando vale...e...

O Nº226034 está-lhe grato...

É muito melhor que as 'pa...

Só para avisar que se me ...

Onde está a equidade cons...

Precisamos de oportunidad...

O meu olhar sobre polícia...

Flash Liberal- Passos Coe...

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

arquivos

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

mais sobre mim

blogs SAPO