Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Flash Liberal- Os Caprinos/Ovinos Nacionais Não Podiam Aceitar

A todo o momento esperamos o fim deste governo. Não podia deixar de ser! Sobretudo por duas ordens de razões muito fortes, as de carácter e de competência.

 

Carácter;

 

1- Não se pode dar a palavra de Portugal em instâncias internacionais sem previamente discutir os compromissos a acordar com os demais representantes da democracia nacional. Estando então em jogo medidas de tamanha monta como seriam/são as do PEC IV... é gravíssimo!

2- O governo de Sócrates é/foi  mentiroso, lida mal com a verdade. Gosta/gostou do disfarce, de nuvens de fumo e de corrupção.

3- O governo de Sócrates tem/teve tendências fascistas e controladoras das forças não seguidistas do Partido Socialista.

4- O actual/cessante governo, minoritário, está a aplicar um programa totalmente dissonante do apresentado em campanha eleitoral de 2009, passou do seu discurso confiante do paraíso para o inferno que veio de fora.

 

Competência;

 

5- Nestes seis anos Portugal piorou muito em funções de soberania essenciais num Estado de direito; Justiça, Defesa e Administração Interna.

6- Os Portugueses cada vez aprendem menos nas escolas públicas e cada vez mais são brindados com serviços públicos de saúde de baixa qualidade.

7- Sócrates, em 2004, herdou um dívida pública controlada, em 2011 estamos a beira de a duplicar.

8- Sócrates governou unicamente para o PSI-20 e para funcionários públicos e mesmo assim mal.

9- O PS (e seu governo) ignorou os jovens, humilhou os idosos desfavorecidos, abafou os verdadeiramente empreendedores e destemidos, e, à custa de impostos brutais visou manter o sistema que favorece o seu eleitorado, em grande parte (ou quase toda) funcionários públicos ou empregados de empresas públicas.   

 

Rua chulos! Em eleições farei tudo o que puder para não ganharem novamente. Só vos peço uma coisa...não, não é que falem verdade, mas que não encham a boca para falar de patriotismo...é instigar a violência em quem verdadeiramente o sente!    

  

Os Caprinos/Ovinos nacionais  não podiam aceitar mais isto...a seguir segue-se a esperada luta de ideias!

   

sinto-me: bem
música: Everything is ruined
publicado por Planeta Roxo às 20:23

link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Março de 2011

Flash Liberal

No país político a "limpeza" é uma ilusão, como tal sugiro ao peritos da nossa língua/escrita que, especificamente para esse léxico, permitam a incorporação da palavra "limpesa", i.e., para todos nós sabermos quando alguém promete limpar alguma coisa sem intenção de o fazer. Já agora sugiro, na mesma lógica de raciocínio, a adopção das seguintes palavras; reforna e reztruturação. Assim ficávamos previamente avisados da real falta de intenção e vontade de realização...era só para enganar alemães!

Todo isto a propósito do país real que não entra nos números de PISA (aqueles dados martelados sobre educação em Portugal!). Oh Eugénio então o Magalhães do teu filho (ou neto) não tem corrector ortográfico? Então o computador das novas oportunidades que te foi quase dado não tem um Word para corrigir automaticamente os erros....e o português pá?!!! Deixa-la isso, o que interessa não é escrever bem mas sim fazê-lo num Portátil! Já vi pior! Na semana passada percebi que existe pelo menos um miúdo que chegou  ao 8º ano de escolaridade nacional sem saber ler nem escrever. Portugal mudou tanto Eugénio! Sobretudo na cosmética!    

sinto-me: bem
música: The Pretender (Foo Fighters)
publicado por Planeta Roxo às 11:46

link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Março de 2011

Notas Direitas

 

1ª Nota: Ora como era esperado, porque no Portugal político se finge que se faz, os usuais preparavam mais um PEC, neste caso o 4. Digo preparavam porque parece ser bastante provável que já não tenham possibilidade de o aplicar. Contudo, vale a pena olhar para as medidas que eram (são) propostas. Só concordo com uma, e mesmo essa tem que ser aplicada de forma diferenciada, pois no privado há muita gente que não foi com reforma por inteiro para a etapa final da sua vida, nem sequer teve a hipótese de vir para casa com 50-55 anos de livre vontade ou por benesse. Logo, concordo com o corte nas reformas. Agora os que beneficiaram verdadeiramente com o festival dos últimos 30 anos, podem e devem pagar mais a crise. Volto a dizer, nada tenho contra este ou aquele funcionário público, mas as coisas são como são e não vale a pena sermos hipócritas.

  

2ªNota: Muito se tem perguntado por aí; "Mas onde se pode cortar mais no estado?" Querem um de vastos exemplos? Tome lá este que o jornal Sol noticiou esta sexta-feira; O presidente do Instituto de Finanças de Agricultura e Pesca (IFAP), vai gastar mais de 10 000 euros em cursos de inglês para os cargos de direcção - contratou um professor do Cambrigde School-. Então mas não é este tipo de coisas em que se corta logo em tempo de crise? Para director no LIDL tem que se ser fluente em alemão (à priori), e então no estado é possível chegar a director com falhas graves na língua universal? Aquela que se aprende pelo menos 7 anos na escola!? A coisa ainda se torna mais grave quando se diz, na notícia, que este tipo de formação ficava bem mais barata se feita pelo INA (Instituto Nacional de Administração), público portanto! Vergonha e abuso total de posição privilegiada!

 

3ªNota: Não resisto a uma nota de grandeza! O Sport Lisboa e Benfica confirma que os seus dirigentes estão, pelo menos na política de comunicação e expansão, a ter um sucesso de assinalar. Não é para mais ninguém em Portugal conseguir ter 30 000 adeptos a puxar pelo clube em Paris. Só está ao alcance do mais nobre de valores, democrático e inclusivo do país!

 

4ªNota: O Planeta Roxo, esta semana, esteve em destaque nos blogs do sapo! Não sei se mereceu, o seu criador não tem tempo para se dedicar a mais elaborados e profundos posts -como pretendia-, tem de trabalhar para ganhar a vida, e, hoje em dia, cada vez mais horas. De qualquer forma um muito obrigado à equipa do Sapo, penso que premiaram a consistência do meu pensamento político, social e cultural, seja ele bom ou mau. Deram-me ainda mais força para o continuar com este meu projecto. 

sinto-me: bem
música: No One Knows
publicado por Planeta Roxo às 15:15

link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Março de 2011

Manifestação Geração à Rasca

Estive lá e assaltou-me um misto de entusiasmo e frustração!

 

Entusiasmo- A minha geração, e a posterior também, querem mudar os protagonistas políticos e seu caciquismo. Digamos que, embora conjunturalmente, é uma grande ajuda. Como eu estou farto de dizer e escrever, as condições primárias para um político são; Ser sério, leal e gostar de transparência nas condutas e procedimentos. 

Frustração- Parece-me que os jovens exigem empregos estáveis por direito de nascimento, e sem querer precipitar a análise (não é uma certeza absoluta), querem-no através do estado ou por garantia dele -estafada receita das gerações anteriores-. Ora aqui reside a minha total divergência. Eu exigo mudanças no regime e na estrutura funcional do país. Tirando os devidos cuidados com a saúde, o estado deve ser reduzido ao mínimo possível política e institucionalmente (de acordo com as nossas especificidades e limitações). Como tal, estou 100% solidário no protesto pela igualdade de oportunidades, quanto ao emprego de qualidade deverá ser para os trabalhadores de igual valia. Os outros? Imensa pena...boa sorte e melhorem! No que respeita à questão da precariedade, não há volta a dar, por muito maus que sejam os nossos empresários ou directores de serviço público (e são!), acho que é a lei que deve ser mudada e não os mesmos obrigados a assumir custos demasiado arriscados num país totalmente condicionado por uma conduta socialisto-comunista de Abril.

   

sinto-me: bem
música: Civil War (G&R)
publicado por Planeta Roxo às 18:01

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 6 de Março de 2011

Flash Liberal

Há poucos dias soube-se quanto ganhavam alguns profissionais de informação da RTP, quis o destino que, logo a seguir, se oficializava a saída de dois deles para o "privado" -TVI-. Já nem vou à questão de fundo, privatização ou simples fecho da maioria dos serviços prestados pela RDP/RTP, fico-me somente pela adequabilidade dos ordenados que se pagam no sector audiovisual público, e nesta matéria acho chocante um director de informação ganhar quase 16.000€, mais, como consumidor/pagador penso que a qualidade profissional de José Alberto Carvalho  não justifica nem metade -é subjectivo eu sei, é a minha opinião deve haver outras-. Como tal, sejamos francos, estas saídas são óptimas notícias para o país e para aqueles que insistem nos serviços públicos audiovisuais (não é o meu caso), pode-se fazer muito melhor, mais barato e com gente nova. Já agora, como é possível uma senhora como a Fátima C. Ferreira do ridículo, tendencioso e instrumentalizado programa "prós e contras", ganhar 11.500 €? Portugal é de facto um país extraordinário e miracoloso para alguns, assim não admira que esses o apoiem no seu estado actual de mediocridade! Com isto não quero dizer que defendo salários de 1.000€ para jornalistas, mas acho que é totalmente desajustada, estrutural e conjunturalmente, a política de remunerações da RTP/RDP para os 5 casos abaixo ilustrados -paradigmática de uma conduta geral que arrasa as contas do estado-. Para estes e outros digníssimos não pode haver o melhor de dois mundos, a segurança de ser funcionário público e ordenados ao nível dos melhores do privado, especialmente quando me "roubam" dinheiro para manter a RTP/RDP. Com transferências destas pode ser que acabem com a indigna taxa audiovisual que pagamos na factura da EDP, 2,25€+ IVA/mês.

      

sinto-me: bem
música: Jornada del Muerto
publicado por Planeta Roxo às 12:19

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

Vinhos para noites de fim de semana

 

Pêra-Manca Branco 2008 - DOC Alentejo, Fundação Eugénio de Almeida.

 

Cor- Palha;

 

No nariz-Complexo e evoluído, aromaticamente desafiante, são várias as sensações entre o floral e frutado;

 

Na Boca- Equilibrado e persistente. Acidez interessante para 2 anos de idade;

 

Comentário- Um vinho com personalidade, grande qualidade e ainda vivo. Para quem possa, pois é relativamente caro, cada colheita deve ser provada 2 ou 3 vezes para verificar a evolução desta "pomada". Após prova acompanhou muito bem um almoço de pizza de frutos do mar.

 

Dica- Já agora, para ser perfeito, aconselho para banda sonora de fundo os The Raconteurs- Consolers of the lonely. Bom álbum de um grupo que descobri por tropeção num escaparate da FNAC. 

 

sinto-me: bem
música: Old Enough
tags:
publicado por Planeta Roxo às 17:28

link do post | comentar | favorito
psroxo@sapo.pt
Site Meter

pesquisar

 

posts recentes

Reflexões de observador a...

Notas Direitas- Projecçõe...

Agora só quando vale...e...

O Nº226034 está-lhe grato...

É muito melhor que as 'pa...

Só para avisar que se me ...

Onde está a equidade cons...

Precisamos de oportunidad...

O meu olhar sobre polícia...

Flash Liberal- Passos Coe...

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

arquivos

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

mais sobre mim

blogs SAPO