Sábado, 19 de Novembro de 2011

Momentos do Passado Recente

19/11/2011, por aí em Lisboa!

 

Caminho - Sair de Portugal Cá Dentro

Tribunal Esquerdista Pouco Original

sinto-me: bem
música: Hombre Lobo ( EELS)
publicado por Planeta Roxo às 18:52

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Vinhos em Noites de Fim-de-Semana

.Com, Regional Alentejano-Estremoz

Branco 2010 – Antão Vaz, Roupeiro, Verdelho e Viognier

Vinhos Tiago Cabaço (3,99€ Auchan-Alfragide)

 

 

Condições de Prova-11ºC no início, no dia 18/11/2011.

Aspecto Visual- Limpo, amarelo cítrico.

Olfacto/Nariz-Dada a sua panóplia de castas era de esperar dificuldade nas percepções. Predominantemente vegetal, passando pelo floral até ao frutado. Mais frio tive sensações tropicais, caí para o abacaxi, menos frio para a maçã.

Boca- Mineral e fresco, com alguma evolução.

 

Nota: Nas mostras de vinho em Lisboa é possível falar abertamente com o seu criador que simpaticamente apresenta os seus vinhos, conseguindo uma harmonia entre abordagem técnica e a linguagem simples para leigos perceberem. Foi assim na Mostra de Vinhos Alentejanos no CCB, no passado mês de Outubro.

 

http://www.tiagocabacowines.com/

 

Gostei da combinação que fez com a massa especial da minha namorada. A experimentar com frequência.

 

sinto-me: bem
música: paradise (coldpaly)
tags:
publicado por Planeta Roxo às 23:39

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

Notas Direitas- Cultura sobre a 'Morte'

1ªNota- Na Gulbenkian, no passado fim-de-semana, por 5€, visitei uma exposição de pintura. Embora pequena em quantidade inestimável em qualidade. Para quem se queixa da não existência de cultura no país tem neste certame uma oportunidade de lavar os olhos com tons de génio em cores triviais. Acredito que o melhor da Pintura como produto cultural bem promovido e comunicado, é conseguir  'apanhar' todos os segmentos. Desde ignorantes, passando pelos curiosos até aos especialistas. Neste caso, só o facto de se puder ver óleos de Van Gohg, Matisse, Picasso, Dali, Monet, Paul Cézanne e companhia, justifica uma ida a Lisboa, nem que seja para prestar tributo aos quadros que semelhante viagem fizeram e por cá estarão até 08 Janeiro, emprestados pelo ricos museus das grandes cidades mundiais. Eu não vou fazer uma mas sim duas...vou repetir a visita! Qual a razão de falar nisto no meu blog? Simples, exposições destas, com ou sem intenção, são mediocremente divulgadas, mais parecendo que em Portugal este tipo de diversão não pode ser incutido ou estimulado na população em geral.

2ªNota: Ontem no cinema vi um tipo de filme que gosto e recomendo. O 'Contágio', por 6,10€ sem pipocas consumi cultura em forma de estória que tenta retratar um possível acontecimento do futuro com base em factos reais do passado.

O filme centra-se numa pandemia mundial com potencial de mortalidade humana avassalador. Sem efeitos especiais, barulhos ou exploração excessiva de pequenas sub-estórias, o argumento toca todos os aspectos do fenómeno de forma equilibrada e formativa.  Clarificando que, se há coisas certas na vida, o grau de incerteza sobre o momento da nossa morte individual e extinção como espécie são certamente duas delas. Valerá apena viver em pânico por causa disso? O filme na minha opinião também é razoável na resposta! Este documento cinematográfico deveria ser encarado como formação obrigatória para entidades oficiais de saúde. Porque não também passá-lo em escolas e trabalhar a partir dele para temáticas científicas que aborda?  

Elenco de luxo num filme calmo e educativo...logo, Cultura  

 

Natureza nem morta nem viva, dormente (foto: Ana Beja)
sinto-me: bem
música: immortality
publicado por Planeta Roxo às 16:39

link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Novembro de 2011

Flash Liberal- Dívida Pública

Catroga em nome do PPD/PSD, em plena negociação com a Troika visando o montante e condições do resgate da República, escreve um total de cinco cartas ao trio com CC do Governo. O teor cartas têm um único tema de fundo, queixam-se do governo PS e da omissão deliberada de dados financeiros que por sua vez impossibilitam a determinação correcta da dívida pública nacional. 

 http://www.agenciafinanceira.iol.pt/economia/catroga-psd-carta-agencia-financeira-negociacoes-troika/1250442-1730.html

 

À altura, do Governo, do PS e seus seguidores/apoiantes (ex: comentadores contratados da SIC/RTP/TVI24) vêm uma ‘chuva’ de críticas contundentes, das quais ‘o homem está a fazer um número de circo visando ganhos políticos’ pode ser considerada a mais soft. 

http://www.sic.aeiou.pt/online/noticias/pais/especiais/portugal-2011/PS+critica+cartas+de+Catroga+ao+Governo.htm

 

Hoje, embora não sendo oficial, é público que Portugal precisava de um resgate superior em pelo menos 25 Mil Milhões. Razão principal apontada por diversos especialistas em contas públicas; existiam dívidas ‘escondidas’ das empresas públicas, bem como, o peso do pagamento dos seus juros foi negligenciado. Ambas as parcelas foram ocultadas ou ‘desviadas’ da atenção da Troika e de quem a assessorou.

 

Várias declarações interrogativas se impõem;

1- Terá o Primeiro-Ministro à altura, acertado intencionalmente um empréstimo abaixo das necessidades? Qual dos ganhos ele esperaria ter? Ganhar as eleições legislativas ou minar propositadamente o trabalho do executivo seguinte? Ou os dois?

2- Qual a razão da comunicação social relevante ter ridicularizado Catroga?

3-Porque razão o actual governo não relembra esta estória aos actuais protestatários, em especial  aqueles que se queixam dos cortes severos?

A propósito disto aqui vai mais uma brincadeira que poderá vir a custar 500 milhões ao ‘pagadores de impostos’ e não foi na Madeira. É na margem sul de comunas e socialistas! Hipocrisia é falar 3 semanas nas dívidas da Madeira de forma a branquear factos tão escandalosos como este no continente.

Jornal 'Sol' 04/11/2011

 

sinto-me: bem
música: Crazy Train
publicado por Planeta Roxo às 14:58

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Novembro de 2011

Flash Liberal

No dia de todos os santos quero deixar não um, mas três flashes;

 

1º Anseio pelo fim deste feriado, o governo está a ponderar suprimir dois dos religiosos, este é dos mais indicados. Dia de todos os santos? Não faz sentido! De tão genérico e indeterminado vulgariza a própria igreja. É uma aberração num país onde a religião, infelizmente, têm muito mais poder do que deve, merece e pode legitimamente reclamar. Além de que passa as marcas do admissível pelo artigo 13º da Constituição Portuguesa (Princípio da Igualdade). Peço perdão por utilizar a Constituição como argumento, pareço um comunista, não a pretendo instrumentalizar a meu favor apenas frisar que este feriado é um benefício injustificado e desproporcional dos cristãos/católicos.

 

2º Uma boa nova! Tal como prometido em campanha eleitoral, na proposta de lei do Orçamento está plasmada a intenção do governo legislar, durante 2012, o pagamento de IVA ao Estado contra recibo - para microempresas (menos de 10 empregados) e volume de negócios inferior a 2 milhões de Euros. Grande avanço em nome de um país mais democrático, justo e equitativo. A abrangência continua a ser insuficiente, contudo não deixa de ser uma potencial norma que folgará muito a situação financeira das empresas, rara foi a que conheci como trabalhador que não sofresse com este desfasamento fiscal...nem todas tinham menos de 10 trabalhadores.

 

3º Tal como deveria ter sido feito periodicamente, em decisões fulcrais tomadas na UE, o governo Grego propõe agora referendo para o seu povo rectificar as novas condições de 'salvação' impostas por terceiros. É uma boa decisão? Sim, em sociedades democráticas é inatacável. É coerente e expectável tendo em conta o histórico do processo de decisão Europeu, no geral, e do Grego em particular? Não! É perigoso pela imprevisibilidade das consequências? Sim. Deveremos abolir a democracia por causa dos mercados? Não! Estarão os Gregos a ser levados a um referendo em que verdadeiramente não há escolha? Sim, também. A alternativa é mais patriótica e honrosa mas requer capacidade de sofrimento mega colossal e respectiva unidade nacional que a Grécia parece não ter (pelo menos pela via democrática).

 

Então o que se ganha com referendo? Fácil. Os Gregos pela clareza da informação a que forçosamente teriam acesso, saberiam exactamente identificar o seu futuro. Em caso da vitória do sim saberiam sem dúvidas que seriam governados por uma equipa de técnicos estrageiros e os seus orçamentos aprovados em Bruxelas. Isto é, a Grécia, temporariamente, deixaria de existir como país. Estranho estranho é os políticos Gregos ao fim de 20 anos de aldrabices, corrupção, facilitismo e compadrio na função pública lembrarem-se agora de boas práticas políticas em decisões chave...obrigado! Ninguém quer ficar sozinho na história da Grécia como pau mandado dos Alemães!

 

Também não admira que o nervosismo dos mercados seja enorme, ninguém percebe a coerência de quem  há décadas anda de mão estendida a pedir emprestado para viver o seu estilo de vida -escondendo sempre a verdade ao povo- e agora pimba...meio à 'chico esperto'...'vá decidam que também beneficiaram do descalabro'. Honestidade sim, mas sempre, e não só quando convém aos políticos.

 

Curiosamente, em Portugal, estas questões da moralidade e profundidade na análise política, passam sempre ao lado dos debates sérios e intelectuais em espaços com visibilidade pública. O que quer esconder a comunicação social -quase toda de centro e centro-esquerda? Esta era uma altura ideal para o fazer...

 

Não serão estas decisões merecedoras de aturado debate em Portugal?
 
sinto-me: bem
música: Keep the Faith
publicado por Planeta Roxo às 21:39

link do post | comentar | favorito
psroxo@sapo.pt
Site Meter

pesquisar

 

posts recentes

Reflexões de observador a...

Notas Direitas- Projecçõe...

Agora só quando vale...e...

O Nº226034 está-lhe grato...

É muito melhor que as 'pa...

Só para avisar que se me ...

Onde está a equidade cons...

Precisamos de oportunidad...

O meu olhar sobre polícia...

Flash Liberal- Passos Coe...

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

arquivos

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

mais sobre mim

blogs SAPO