Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

Programa Eleitoral do PPD/PSD-Legislativas 2009

No primeiro embate com o documento e respectiva apresentação por Manuela Ferreira Leite (MFL), a sensação foi a esperada! Nada de muito complexo e utópico, com generalidades importantes e algumas medidas concretas acertadas. Para já saliento a primeira resanha de dados novos que me agradam e desagradam;

 

1. MFL afirmou que o PPD/PSD terá especial atenção com a Agricultura. A prática do governo Português não comparticipar as ajudas do sector  de forma a reduzir o défice, e, consequentemente, desperdiçar os dinheiros da UE que só vinham com essa condição, vai deixar de ser uma realidade.  A confirmar-se é óptima notícia!

2.  Acabar com o PEC (pagamento especial por conta). Com a brutal evolução na velocidade da informação não se justifica a existência desta captação preventiva. É justo que quem o criou o extinga, desde que tenha como preocupação -tenho a certeza que a terá pois é sua marca- a melhoria da eficácia do fisco.

3. Propor a reposição da cultura de exigência no ensino obrigatório passa muito bem! Isto é, acabar com a prática lesiva de transitar alunos com notas que traduzem uma realidade de 5, 6, 7, 8 e 9 negativas, é consensualmente um favor que se faz a Portugal. E quem pensa que esta situação é esporádica engana-se! Ainda esta semana à conversa com familiares do norte tive a oportunidade de mais uma vez chocar-me com a nossa educação.

4. Uma revisão constitucional para reduzir o número de deputados para 180 é excelente!

   

1. Anunciar luta sem cartel à corrupção e depois ter Helena Lopes da Costa e António Preto em lugares elegíveis para a assembleia da república é contraditório. Em termos de mensagem é um erro crasso, até porque as decisões judiciais dos processos que sobre eles recaem não se conhecerão até às eleições de Setembro próximo.

2. A suspensão imediata do actual modelo de avaliação de professores é outra menssagem péssima. MFL deveria apenas ter anunciado a apresentação de novo modelo que revogaria o vigente num prazo máximo de 6 meses. A vitória de Sócrates, e neste caso do país, de obrigar os professores a serem avaliados a sério, não deve ser minimamente posta em causa, logo, entre um fraco modelo e não ter nenhum, prefiro ter o fraco até apresentar-se substituto.

3. MFL não apresentou medidas concretas em relação à regulação de mercados, nem nos casos mais escandalosos -mercado dos combustíveis e distribuição alimentar- avançou com algo de mais substantivo. Andam no ar algumas dúvidas em relação a práticas de "dumping" e oligopólio que o PPD/PSD não pode deixar passar em claro, especialmente em áreas tão sensíveis da nossa sociedade. 

 

sinto-me: bem
música: Civil War
tags:
publicado por Planeta Roxo às 22:11

link do post | comentar | favorito
psroxo@sapo.pt
Site Meter

pesquisar

 

posts recentes

Programa Eleitoral do PPD...

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

arquivos

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

mais sobre mim

blogs SAPO