Terça-feira, 9 de Março de 2010

Momentos do Passado Recente- Doença do Nemátodo do Pinheiro

«Não está a ser nada feito!» (Luís Dias da Confederação dos Agricultores de Portugal-CAP, 22 Janeiro de 2010).

«Há árvores marcadas no ano passado por abater. E isso é um sinal claro de que algo não está a funcionar.» (Pedro Serra Ramos da Associação Nacional de Empresas Florestais e Agrícolas e do Ambiente-ANEFA, 22 Janeiro de 2010).

«O Buçaco e o próprio Pinhal de Leiria já estão afectados» (Pedro Serra Ramos da Associação Nacional de Empresas Florestais e Agrícolas e do Ambiente-ANEFA, 22 Janeiro de 2010).

Estas são afirmações públicas ao Jornal "Sol" sobre a doença do Nemátodo do Pinheiro, seu perigoso desenvolvimento e análise de eficácia das acções do Ministério da Agricultura para sua extinção/prevenção.

 

Por outro lado, do único documento público aproximado a plano de ataque ao Nemátodo do Pinheiro, a saber, nota de imprensa governamental anexada de "Power Point", de Janeiro de 2009, destaco a seguinte passagem da página 10;

 

 

Ora comparando notícias de 2009 com as de 2010, e cingindo-me apenas à questão da eliminação das árvores afectadas, são permitidas as seguintes constatações;

 

A) As medidas globais apresentadas em Janeiro de 2009 foram insuficientes, ou para não variar, no papel parecendo "muitos bonitas", não foram executadas com a rapidez e competência desejada.

 

B) As queixas dos responsáveis da CAP e ANEFA são, para já, um aviso preocupado. Isto porque em relação a árvores diagnosticadas em 2009, já se perderam os meses de Dezembro de 2009 e Janeiro de 2010 para a sua eliminação. Fazendo fé, evidentemente,  no enquadramento da "Intervenção Musculada no Terreno" prometida pelo governo em Janeiro de 2009.

 

C) Se não responder aos alertas aqui relatados, num futuro próximo, o Ministro da tutela não poderá escapar ao "Banco dos réus". Ao continuar tudo em ritmo lento ou nulo, a partir de Maio, mês final da "dormência", não poderá argumentar com 100% de propriedade que da "sua parte" tudo foi realizado.  

 

D) Num prisma político-económico levando em conta que; 

- A fileira Agro-Florestal vale 3% do PIB nacional;

- Perto de 10% do território nacional está afectado com esta doença;

Facilmente se concluí pela validade do tempo, trabalho e inteligência gasta com o problema da madeira do Pinheiro. Mais que não seja, pela recente vergonha de ver o governo fazer problema nacional de uma questão que vale 0,04% do PIB (Lei das Finanças Regionais). Caso para dizer... A Madeira era outra! Vamos esperar e ver!

 

sinto-me: bem
música: Man in the Box
publicado por Planeta Roxo às 15:29

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



psroxo@sapo.pt

pesquisar

 

posts recentes

Reflexões de observador a...

Notas Direitas- Projecçõe...

Agora só quando vale...e...

O Nº226034 está-lhe grato...

É muito melhor que as 'pa...

Só para avisar que se me ...

Onde está a equidade cons...

Precisamos de oportunidad...

O meu olhar sobre polícia...

Flash Liberal- Passos Coe...

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

arquivos

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

mais sobre mim

blogs SAPO